Música para relaxar

musica

Os benefícios da música

Segundo os especialistas, a música harmônica pode provocar, nos seres humanos, oito tipos de efeito:

  • anti-neurótico
  • anti-distônico
  • anti-stress
  • sonífero e tranqüilizante
  • regulador psicossomático
  • analgésico e/ou anestésico
  • equilibrador do sistema cardiocirculatório
  • equilibrador do metabolismo profundo.

Para os estudiosos, a influência da música atinge diversos órgãos e sistemas do corpo humano: o cérebro, com suas estruturas especializadas, como o hipotálamo, a hipófise, o cerebelo; o córtex cerebral, o tálamo, o plexo solar, os pulmões, todo o aparelho gastrintestinal, e sangue e o sistema circulatório (com ação vasoconstritora e vasodilatadora, agindo, portanto, na pressão sanguínea), a pele e as mucosas, os músculos e o sistema imunológico.

O medico polonês Andrzes Janicki, especializado em musicoterapia, após realizar muitas experiências nesse campo, concluiu também positivamente a respeito da influência da música no sistema nervoso central, no sistema endócrino, no sistema nervoso autônomo (simpático e parassimpático), nas funções de numerosos órgãos internos, na função psíquica e na memória. Tais influências se revelam diretamente nos seguintes aspectos:

  • ritmo cardíaco
  • pressão arterial
  • secreção do suco gástrico
  • tonicidade muscular
  • equilíbrio térmico
  • metabolismo geral
  • volume do sangue
  • redução do impacto dos estímulos sensoriais
  • funcionamento das glândulas sudoríparas
  • redução da sugestionabilidade e do medo.

OUÇA E RELAXE!

 

Compartilhar é vida...Email this to someoneShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter